Estilo Rat Look ou Hoodrider?

Rat Look:

O movimento Rat Look tem origem Européia e teve inicio pela própria condições econômicas de cada região.

Aproximadamente na década de 70 a grande parte dos jovens, não tinha acesso ao carro novo, Pode diversos motivos como crises econômicas dentro do pais. Por conta desta situação encontrou-se uma saída que foi, adquirir carros antigos com preços baixos e conseqüentemente em péssimas condições de uso. Mas para esse publico o importante não era a aparência e sim o mais importante, o carro andar e, diga-se de passagem, andar bem baixo.


As características marcantes dos legítimos Rat Looks são:
- Carroceria enferrujada;
- Suspensão rebaixada;
- Sem cuidado nos acabamentos;
- Acessórios das décadas de 60,70 e até 80 como bagageiros, faróis de milha, resfriadores externos (Swamp Cooler).


Apesar dessa personalidade dos anos anteriores, muita coisa mudou e agora os carros adeptos deste estilo possuem motores e conjunto de suspensões, rodas e pneus de alta performance, deixando o lado rústico ao alcance dos olhos, porém a essência continua como antes. “Quanto mais enferrujado... melhor”.


Existe um segmento derivado do Rat Look que é denominado "Hood Ride", com carros especificamente da fabricante VW e como motores refrigerados a ar.

Segundo o “Urban Dictionary”: HoodRide é um carro antigo que foi rebaixado e tem sua pintura original desbotada ou removida. No melhor dos casos, o carro ainda deve ter ferrugem. Latarias trocadas, amassados e partes faltantes melhoram o “look” porque trazem mais personalidade e originalidade. Dirigir um HoodRide é fazer uso de um carro que ninguém gostaria de ter, porque é feio ou totalmente sem manutenção (aparente) e mesmo assim adorar ele. É curtir o seu carro porque você fez ele exatamente da maneira que gostaria e não como os outros gostariam que ele fosse. Um HoodRide é em 90% dos casos um modelo Volkswagen antigo (não necessariamente Fusca). 


http://clubeescarabajo.blogspot.com.br/2012/05/estilo-rat-look.html
 

Hoodride:
 
Os felizes proprietários do Fusca fazem de tudo pelos seus veículos. Há aqueles que escolhem mantê-lo original, já outros gostam de customizar a máquina, apostando em pinturas diversas e acessórios. Mas o que muitos não sabem é que existe uma cultura onde a ordem do dia é deixar os carros com um aspecto largadão. O nome desse movimento é Hoodride e nele é comum encontrar ferrugens e amassados espalhados pela carroceria.
 
 
O Hoodride é uma contra-cultura que preza pelo SER e não pelo TER, e vai muito além dos carros "desleixados". É um jeito de viver que se aplica a todos os aspectos da vida, inclusive aos carros, que ganharam fama e despertam fascínio por onde passam. Os carros utilizados para Hoodride são essencialmente da Volkswagen, e não por acaso, mas sim pela filosofia que envolve a marca de ser o carro do povo, produzido com a finalidade de transporte apenas e não para agregar status social.
 
 
Mas voltando ao ponto de interesse desse texto. É preciso ser franco, o visual dos carros é impactante. Há os que amam e os que odeiam, mas a verdade é que não tem como ser indiferente frente a um Hoodride. Os carros que seguem o estilo atraem olhares por onde passam, despertando interesse das pessoas com suas ferrugens, amassados, pinturas queimadas, rebaixamentos ou tudo isso junto. Mas o que essa lataria propositalmente mal tratada pode esconder é um carro confortável para o usuário e com uma mecânica focada em desempenho, retomando a filosofia do 'ser' e não do 'parecer'.
 
 
O Fusca é o carro favorito dos hoodriders, mas também encontramos Kombis e Brasílias tomados pela ferrugem. E você, teria coragem de aderir ao movimento e 'detonar' seu Fusquinha?
 

http://www.fuscanafoto.com/2013/07/hoodride-essencia-por-webpneucom.html

25 comentários:

  1. Não só tenho coragem, como vou fazer o meu hoodride, esperem pra ver...
    Acho muito loko esse estilo...Parabéns a todos que gostam disso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, tem que ter muita coragem mesmo, aqui no Espírito Santo a maresia acaba rapidinho com a caranga, por isso não conheço um adepto desse estilo por aqui.

      Excluir
  2. Eu já prefiro o estilo clássico, mas que o rat look também chama muito a atenção, isso é verdade!

    ResponderExcluir
  3. Rat look é estilo de quem não está nem aí pro que os outros estão pensando. Gosto muito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza meu amigo. O que manda é curtir o estilo, independente das opiniões alheias.

      Excluir
  4. Estou transformando minha belina em Rat Look. Gosto muito dos estilo e acho que a Ford também tem carros que da para ser do estilo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e eu tenho um corcel 71 com manutenção impecável cujo único defeito é as ações do tempo,tbem quero customiza lo com rodas faróis etc

      Excluir
  5. Sei não, na minha opinião, eu acho que o Corcel ou Escort (nacionais das 1ª gerações) ficariam bem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho uma caravam tô pensando em fazer nela mais ainda tô sem coragem kkkk

      Excluir
  6. Eu tenho um fusqueta 74 rat look. Muita gente critica, mas eu nem ligo. Me amarro nesse estilo e que se foda a opiniao dos outros. tem q ter sua opinião própria pra quase tudo na vida.

    ResponderExcluir
  7. Bom dia Célio, parabéns pelo blog.
    Vc sabe me dizer alguma coisa com relação à legislação sobre Rat ou Hood, da pra andar normal com eles sem problemas (com exceção da suspensão baixa que é necessário autorização do detran), com relação a pintura ..ou falta dela..rsss...ferrugem..amassados, etc...da rodar ou da dor de cabeça nas ruas? Abraço...Rico...se puder me responder por e-mail....emaildorico@gmail.com

    ResponderExcluir
  8. Bom dia Célio, parabéns pelo blog.
    Vc sabe me dizer alguma coisa com relação à legislação sobre Rat ou Hood, da pra andar normal com eles sem problemas (com exceção da suspensão baixa que é necessário autorização do detran), com relação a pintura ..ou falta dela..rsss...ferrugem..amassados, etc...da rodar ou da dor de cabeça nas ruas? Abraço...Rico...se puder me responder por e-mail....emaildorico@gmail.com

    ResponderExcluir
  9. Bom dia Rico, então, infelizmente não tenho muito como lhe ajudar, mas creio que quanto a pintura, há uma resolução do Contran específica para o assunto. Creio ser a mesma observada pelos proprietários de carros envelopados. Abç

    ResponderExcluir
  10. Pra quem mora em litoral vc pode inferrujar o carro fazer uma limpeza e depois invernizar ele assim a maresia nao vai comer tao rapido

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Muito esclarecedor. Estou reformando um container para torná-lo um modulo habitável. Estou deixando todos amassados que ele adquiriu pelos mares e portos do mundo. Suas cicatrizes são a sua história. Quem quiser acompanhar é em http://habitandoumcontainer.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Excelente matéria. Tenho um fusca dub com motor de Santana 2.0 GLS e todo orinal por dentro com acessórios dos anos 70 originais. E uma Brasília 74 série especial toda Hood Ride bem estilizada.

    ResponderExcluir
  14. Hehehe muito bom Celio! O fusca e seus derivados,são ótimos.cresci convivendo com Fusca,Kombi,Tl,Variant,Sp2,Brasilia,aprendi dirigir em uma Kombi 75 e hoje tenho uma 87.gosto de todos os estilos envolvendo esses carros,cada um na sua,mas com alguma coisa em comum.sou muito feliz com a dona Rosilda minha Kombi kkkkkk e espero que seja eterno.abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso meu amigo Carlos, também cresci em meio aos vw's a ar. O primeiro carro da minha família foi uma Brasilia 75 (comprada zero). Minha preferência é pelo estilo clássico, mas também adimiro as outras tendências. Abç

      Excluir
  15. Ret look é um estilo simples mas que ao mesmo tempo chama muito atenção graças a Deus tenho o meu fusquinha no estilo ret look amo muito o carrinho .

    ResponderExcluir
  16. E o DERICK PACHECO??? Conte-me mais!!!

    ResponderExcluir
  17. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  18. Achei legal o estilo ratlook mas nao precisa decapar a pintura do carro. Devem existir adesivos q fazem muito imitação da ferrugem ou pintura mal cuidada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, um bom pintor é capaz de “imitar” esse aspecto envelhecido e enferrujado sem o menor problema, mas creio que um belo trabalho no carro todo ficaria bem caro... rsrs

      Excluir